Blog

Voltar

Mercado de beleza é impulsionado por vaidade masculina


Após leve queda nos últimos anos, o mercado de beleza brasileiro deve crescer cerca de 2,8% em 2017, de acordo com projeção divulgada pela Euromonitor Internacional.  Além do maior consumo das mulheres, esse aumento vem sendo impulsionado também pelo público masculino, que gradativamente se rende aos serviços e tratamentos de beleza em busca do bem-estar e da autoestima. As empresas que visam expandir no setor apostam cada vez mais nesse público, que hoje representa parcela significativa no faturamento. Segundo Luzia Costa, esteticista e presidente do Grupo Sóbrancelhas, hoje os homens representam cerca de 20% dos atendimentos das suas redes, número 15% maior que em 2015.

Atualmente, o Brasil tem o terceiro maior mercado de beleza do mundo, perdendo apenas para China e Estados Unidos, e oferece diversas opções de produtos e serviços voltados aos homens, além de especialistas treinadas para atender esse público. Com cerca de 200 mil atendimentos mensais, a rede Sóbrancelhas, especializada no embelezamento do olhar e da face, conta com um fiel público masculino. “Sempre tive muitos pelos nas sobrancelhas, mas tinha receio de mexer e não gostar, até o dia em que acompanhei minha namorada em uma unidade da Sóbrancelhas e a atendente me convidou para fazer uma limpeza. Saí da loja com outra feição. Desde então, visito com frequência o espaço para retirar os excessos de pelos”, afirma Gabriel Ferreira, cliente da marca há dois anos.  Além do clássico design de sobrancelhas, a rede oferece diversos serviços que os homens podem aderir, como limpeza de pele, micropigmentação e depilação facial egípcia.

Visando um novo tratamento de cuidados para as unhas que não ficasse restrito apenas as mulheres e inibisse ao máximo contaminações, Luzia Costa inovou e colocou no mercado a cuticularia Beryllos. A empresária criou um conceito inédito que utiliza uma ponta diamantada adaptada para retirar o excesso de cutícula. O método, nomeado de “cutilagem”, é totalmente descartável e dispensa o uso do alicate. Esse processo desbasta a cutícula e mantém a real proteção das unhas, sem cortes.  “A cuticulagem também torna o tratamento bem mais atraente para homens que querem ter as unhas bem feitas”, diz Luzia Costa. “Em geral, eles são mais práticos e preferem processos que envolvam tecnologia e precisão. É o que a Beryllos oferece ao trocar os alicates pela ponta diamantada.”


fonte: http://mercadoeconsumo.com.br/noticias/mercado-de-beleza-e-impulsionado-por-vaidade-masculina/


Compartilhe:

Cadastre-se e receba novidades.