Blog

Voltar

O mercado da Beleza


Os brasileiros são vaidosos e isso justifica o crescimento constante do mercado de estética e beleza. Em 2017, este segmento teve um crescimento de quase 3% enquanto outros setores sofriam com a retração econômica, segundo a Associação Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. Segundo a entidade a projeção para este ano deve ser maior.

Só o setor de sobrancelhas vem crescendo movimentou R$ 250 milhões nesses últimos anos. Além de ter aumentado as buscas deste ramo na internet, que chegaram a triplicar nos últimos cinco anos.

Há dois anos em que o assunto mais falado no Brasil foi a tão temida crise, produtos e serviços de estética cresceram acima do PIB (Produto Interno Bruto), rendendo cerca de R$50 bilhões, tornando-se um dos mercados mais promissores para investimento.

As boas perspectivas de crescimento seguem amparadas na busca dos consumidores por uma identidade única, embasada na vaidade do povo brasileiro, que já ocupa o terceiro lugar no ranking do consumo dos produtos/serviços de beleza perdendo apenas para os Estados Unidos e China.

Dados apontam que em um período de 5 anos, 80% dos negócios abertos de forma independente fecham, enquanto apenas 15% no formato de franquia encerram as atividades.


(Fonte: Sebrae / ABF / ABIHPEC).



Compartilhe:

Cadastre-se e receba novidades.